CAFESSERIE

Je café, Zé café, Everyone cafés

10 de mar de 2010

MINHA PRIMEIRA VEZ

Austrália, 2005, minha introdução ao mundo do café espresso e com leite.
A primeira reação não foi a melhor. Segue uma cópia do email que mandei a amigas contando o fato:


Aqui em Sydney quando você pede café ele necessariamente vem com leite. Detalhe, se você não quiser só café e quiser também leite, existe a opção flat-white, que é café com leite. Mas se você não quiser café com leite e sim quiser café com leite, você ainda pode pedir latte. Entenderam? Mas se você quiser só café, sem leite, tem que pedir black coffee ou o bom e velho espresso. E tem o long blak também.
Enfim. Lá fui eu comprar café pela primeira vez aqui na Austrália, porque estava morrendo de sono durante a aula. Cheguei na vendinha, um cubículo com cinco mil trezentos e vinte sete asiáticos dentro, todos parentes provavelmente, vendendo lanche, suco, ação da Microsoft e coffee. Pedi um coffee. Paguei. O marido (ou o cunhado da prima do sobrinho) fez o café e ela me deu o copo, já fechado, estilo Starbucks. Agradeci e fui embora. Já de volta à aula dei um gole e vi que tinha leite no meu café. Voltei na vendinha:
‘Moça, tem leite no meu café.’ Ela fez cara de absolutamente nada. ‘Tem leite no meu coffee’.
Ela: ‘você não pediu coffee?’
‘Sim...’
‘Então. Te dei um coffee.’
ESSA MULHER TÁ DE BRINCADEIRA!?
‘Eu pedi coffee. E tem leite no meu coffee, não pedi o flat-white.’
Ela: ‘sim, coffee com 2 adoçantes. É esse aí.’
‘Mas eu só quero coffee!’
‘Só coffee é black coffee. E você pediu coffee.’
Deixa eu ver se entendi: pedi coffee, ganhei coffee com leite, e ela tá falando que não ganhei só coffee porque eu pedi coffee...
Sorri com cara de turista e fui embora.

Para uma brasileira que só tomava café instantâneo com kilos de adoçante para ficar acordada, o mundo do espresso era algo totalmente desconhecido. Mas aos poucos comecei a saborear a bebida e suas variedades, apesar de na época achar, como a maioria das pessoas, que café era tudo igual, pertencente a uma única espécie, de uma única variedade, e que sabores diferentes relacionavam-se apenas ao modo de preparo.
Para você que não gosta de café, pois acha muito amargo, ou para você que antes mesmo de beber adiciona quilos de açúcar ao café, se dê a chance de experimentar um café de qualidade, adoçando conforme for saboreando. Café não tem que ser desagradavelmente amargo. Experimente, e mais de uma vez e mais de um tipo de café, pois as variáveis que afetam o sabor são inúmeras.

2 comentários:

  1. Amei o post... em 2005 eu tb comecei a enntender o que era um café... e tb detestava a bebida... hj entendo um pouco mas adoooooro degustar..

    ResponderExcluir
  2. Valeu Ed!
    Também adoro provar, tomo de tudo, o que às vezes não é boa ideia, porque tem uns cafés por aí que vou te contar...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails